terça-feira, 5 de fevereiro de 2013


A Igreja Plenitude da Graça – IGPG surgiu de um sonho: Preservar a integridade exercendo o chamado de Deus não apenas dentro das quatro paredes, mas, sendo de fato igreja onde precisa ser, luz em meio às trevas e sal onde não tem sabor.
Em agosto de 2008, um grupo de amigos reuniu-se na varanda de uma casa, simplesmente para cultuar, para estarem juntos. Os dias foram se passando e como o local já não comportava tantas pessoas surgiu a necessidade de nos reunirmos em um espaço maior.
Apesar de ainda não parecer uma "igreja" ou algo institucionalizado, estar num local maior foi providencial, pois, aquela comunhão de irmãos e amigos começou a tomar corpo. Pouco a pouco outras pessoas foram somando forças, ministérios foram surgindo, pessoas descobrindo suas vocações se dispondo para a obra de Deus. Muitos que ali entravam não tinham a menor ideia de seu chamado ou procuravam apenas um lugar para se esconder, mas seus corações convertidos de amor revelavam o potencial de cada um.
Hoje, quando olho para cada rosto, meu coração se enche de alegria por saber das lutas e das superações. Conhecer cada história, algumas regadas com lágrimas outras com alegrias, que se confunde com a história da igreja.

Tivemos que institucionalizar o grupo. Hoje somos conhecidos juridicamente por "IGREJA PLENITUDE DA GRAÇA". Contudo, ainda somos um grupo de amigos que comungam num lugar onde temos aprendido a respeitar as diferenças, aceitar as opiniões e acima de tudo amar uns aos outros.
Há muito para crescer, mas temos a convicção de que o importante é estarmos no centro da vontade de Deus, um lugar de certezas e descanso. O nosso desafio para o futuro é não sair dessa posição, não perder a essência, já que o maior objetivo é estabelecer o REINO DE DEUS e não o nosso, da forma que Ele achar melhor.

Josué Gonçalves de Vasconcellos